Seminário de Meliponicultura e concurso de méis de abelhas sem ferrão no próximo final de semana em Horizontina

Na próxima sexta-feira e no sábado (29 e 30/04), Horizontina sediará o 1º Seminário Noroeste de Meliponicultura, promovido pela Associação de Meliponicultores do Vale do Alto Taquari (AMEVAT), Prefeitura de Horizontina, Câmara de Vereadores de Horizontina e Emater/RS-Ascar, com o apoio da Maxbem, Associação Gaúcha de Professores Técnicos de Ensino Agrícola (AGPTEA) e Agronatur. A programação será realizada no CTG Carreteiros do Horizonte e contempla a 1ª edição do Concurso Estadual de Méis de Abelhas sem Ferrão, oficinas, palestras e exposição de abelhas nativas e meliprodutos.

A programação da sexta-feira (29/04) inicia-se às 7h30, com entrada franca para escolas. Ao público em geral, o ingresso é de R$ 10. A partir das 8h30 iniciam-se oficinas, com apresentação de espécies de abelhas sem ferrão, degustação dos diferentes tipos de mel e distribuição de saches do produto.

Às 12h15 haverá intervalo para almoço, sendo a programação retomada às 13h30, com a palestra do engenheiro agrônomo Paulo Francisco Conrad sobre a relação harmoniosa entre plantas e abelhas, polinizações, comportamentos e etapas da vida das abelhas. O 1º Concurso Estadual do Melhor Mel das Abelhas sem Ferrão iniciará a partir das 16h. A programação do primeiro dia encerra-se às 18h.

No sábado (30/04), o CTG volta a abrir ao público a partir das 7h30. A programação da manhã contempla o cerimonial de abertura oficial com presença de autoridades, às 8h45, e a palestra com o engenheiro agrônomo Paulo Francisco Conrad, às 9h45, que aborda novamente a relação entre plantas e abelhas, polinizações, comportamentos e etapas da vida das abelhas. Ainda pela manhã, os palestrantes Dr. Mikhael Marques e Dra. Genna Souza falam sobre a confecção de cosméticos e meliprodutos, enfatizando propriedades terapêuticas dos produtos das abelhas sem ferrão.

Após pausa para almoço, a programação será retomada às 13h20, quando representantes da Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) apresentam orientações sobre a criação de abelhas e em relação ao cadastramento na Inspetoria Veterinária.

Na sequência, às 13h45, o sistema nervoso, fauna edáfica e relação entre abelhas e agrotóxicos serão abordados na palestra com o professor da Universidade Federal de Pelotas (Ufpel), Althen Teixeira Filho. A partir das 14h45 haverá oficinas sobre características de uma boa colmeia de abelhas sem ferrão, divisão de mandaçaia, identificação de plantas melipônicas, transferência de jataí, colheita de mel, confecção de isca e colocação na natureza e confecção de meliprodutos. A divulgação dos vencedores do 1º Concurso do Mel de Abelhas sem Ferrão ocorre às 16h, com a entrega de certificados e premiações

Concurso de Méis de Abelhas sem Ferrão

A 1ª edição do Concurso Estadual de Méis de Abelhas sem Ferrão está sendo organizada pela Associação de Meliponicultores do Vale do Alto Taquari. A proposta é divulgar e valorizar a qualidade dos meliprodutos gaúchos e classificar méis de abelhas sem ferrão produzidos no RS, concedendo títulos de campeão, vice e terceiro lugar. A avaliação será dividida em duas categorias, maturado e refrigerado, sendo que as amostras dos participantes já foram encaminhadas até o dia 20 de abril à Comissão Organizadora. O júri será formado pelos participantes do Seminário Noroeste de Meliponicultura, sendo que é facultada a participação aos inscritos.

Compartilhe: