Duas obras essenciais para a região Noroeste estão como prioridade do RS junto ao Governo Federal

O governador Eduardo Leite esteve reunido com o ministro dos Transportes, Renan Filho, em Brasília, nesta semana para tratar das obras de infraestrutura federais priorizadas pelo governo estadual. Durante o encontro, Leite entregou um documento com a lista definida em conjunto com a bancada do Estado na Câmara dos Deputados.

O ministro informou que o investimento da União no Rio Grande do Sul em obras rodoviárias deve ser maior do que nos anos anteriores. Leite ressaltou a importância estratégica do Estado para o Brasil, no âmbito do Mercosul, e apresentou os programas estaduais de investimento e concessões.

“Depois de alguns anos sem capacidade de investimento, o governo consegue aplicar recursos em obras. Esta parceria com o governo federal resultará em uma onda de obras importantes para melhorar a nossa logística”, disse o governador, enquanto explicava a importância estratégica de cada uma das obras.

Só de repasses do programa Pavimenta, desde 2021, foram entregues 137 obras no valor total de R$ 207,6 milhões. O Estado também aportou R$ 21,3 milhões na construção de terceiras faixas na estrada Tio Hugo – Passo Fundo (RSC-153). A recente concessão do Bloco 3, que agrupa seis estradas, representará R$ 2,2 bilhões investidos durante sete anos em duplicações e outras melhorias.

Duas obras essenciais para a região Noroeste estão na lista de prioridades do RS

Durante a reunião no Ministério dos Transportes, a comitiva do Rio Grande do Sul apontou como prioridades para o Estado diversas obras de infraestrutura, incluindo dois projetos fundamentais para a Região Noroeste: a construção da ponte internacional Porto Xavier – San Javier (Argentina), e uma ponte interestadual entre Barra do Guarita (RS) e Itapiranga (SC), ambas travessias sobre o rio Uruguai.

A ponte internacional está em um estágio avançado: uma ordem de serviço foi assinada no mês de fevereiro, autorizando a elaboração do projeto e posterior execução da obra da ponte.

Já a ponte interestadual está na fase de elaboração de projeto e definição do traçado. No mês de março, representantes técnicos do DNIT e da empresa Única Consultores, que foi definida para realização do projeto da travessia, estiveram em Itapiranga (SC) para uma visita fundamental para o avanço desta iniciativa.

Compartilhe: