Horizontina começa a emitir nova carteira de identidade – Novo modelo é somente para quem está fazendo Identidade pela 1ª vez

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

O Município de Horizontina começou a emitir a NOVA CARTEIRA DE IDENTIDADE nesta Quinta-feira 04/08/22.

A primeira carteira de Identidade no novo modelo, foi confeccionada no município, à pequena Julia Rafaela Vallerius, de 1 ano e 11 meses, acompanhada dos Pais Mauri Claudir Vallerius e Ana Paula Cantarelli. Foi a primeira horizontinense a ter acesso ao novo documento.

A grande mudança é que o documento adotará o número de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) como registro geral único e válido para todo o país.

De acordo com o Ministério da Economia, “neste primeiro momento, somente serão emitidas as novas identidades para cidadãos que estiverem com as informações no CPF de acordo com suas certidões atualizadas. Cidadãos que não possuírem ou estiverem com as informações incorretas no CPF poderão recorrer aos canais de atendimento à distância da Receita Federal para resolver sua situação. No futuro, os próprios órgãos de identificação civil farão novas inscrições e atualizações no CPF”.

A atualização das informações no CPF pode ser feita gratuitamente pela internet, no site da Receita Federal. Dependendo da situação, pode ser necessário o envio de documentos para a Receita Federal via e-mail.

O novo modelo estará disponível apenas para quem quiser encaminhar a 1ª via e apresentar o número do CPF. Caso haja alguma restrição apontada pela Receita Federal, o usuário poderá optar entre fazer a identidade no modelo antigo ou regularizar a situação e providenciar o documento em outra oportunidade.

O novo documento de identificação vem com um QR Code que pode ser lido por qualquer dispositivo apropriado, como um smartphone – o que permitirá a validação eletrônica de sua autenticidade, bem como saber se ele foi furtado ou extraviado.

Essa nova versão do documento de identificação servirá também de documento de viagem, devido à inclusão de um código de padrão internacional chamado MRZ, o mesmo usado em passaportes nos postos imigratórios com países do Mercosul. Para os demais países, o passaporte continua sendo obrigatório.

O prazo de validade do novo documento depende da idade do titular no momento da expedição: cinco anos para crianças de até 11 anos e dez anos para quem tem de 12 a 59 anos. Pessoas com idade maior de 60 anos não precisarão trocar o documento. Os Documentos no modelo atual valem até 28 de fevereiro de 2023.

Demais informações ou duvidas referente ao novo modelo ou documentação necessária para confecção de Identidade, devem ser buscadas no Posto de Identificação junto a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico ou através do telefone 3537-7562.

*Na foto, Julia, sua Mamãe Ana Paula e a servidora responsável pelo Posto de Identificação Municipal, Lilian Cristina Steinke.
Fonte: Instituto Geral de Pericias RS / Agência Brasil

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print