AULAS GRATUITAS DE BALLET: Projeto Semeando Cultura tem vagas abertas em Horizontina

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Fonte: Ale Toniazzo – Jornalista

Fazer um coque no cabelo nem sempre foi algo fácil, precisou de dedicação. Entre o trabalho da família com a agricultura e o deslocamento do interior para a cidade, precisou de persistência. Cinco anos de aulas gratuitas de ballet e hoje a pequena Larissa Izabel Reckziegel, 10 anos, coleciona memórias de apresentações e se tornou motivo de mais orgulho para os pais.

Desde os 6 anos ela participa do projeto Semeando Cultura. De lá para cá, faltou pouquíssimas vezes, encarou invernos rigorosos, driblou a timidez e venceu desafios. “Ela ama dançar e nós sempre fizemos de tudo para ela estar presente nas aulas. Hoje Larissa tem a responsabilidade na organização dos seus materiais e vejo ela feliz. Ela criou consciência corporal, postura, gosta do que está fazendo. Para mim, é o que importa”, conta a mãe, Kátia.

Larissa é uma das alunas beneficiadas pelo Projeto Semeando Cultura que desde 2014 está em Horizontina e oferece aulas totalmente gratuitas de música e ballet para crianças e adolescentes matriculados no município. O ballet, de acordo com a coordenadora local, Jussara Kommers, une os benefícios de uma atividade física com a sensibilidade dos sentimentos. “Oferece fortalecimento muscular, concentração e autoestima e é uma oportunidade de trabalho em equipe, troca de experiências e expressão corporal. Os sentimentos são expressados através dos movimentos”, diz. A mãe da Larissa, concorda: “Notei uma evolução da Larissa na questão de desenvoltura e exposição. Ela se sente capaz e isso é para a vida”, conta Kátia.

De acordo com o professor do projeto, Douglas Ravadielli, habilidades sensoriais, cognitivas e emocionais também são trabalhadas no ballet. Ele conheceu a dança com 16 anos e se apaixonou. No currículo, Douglas tem diferentes experiências em escolas e já dançou com a famosa bailarina Ana Botafogo. Hoje proporciona aos alunos do Semeando Cultura seus conhecimentos. “O maior objetivo do projeto é oferecer o acesso à arte e à cultura como forma de inclusão social. As aulas estimulam a concentração, a autoestima. A dança auxilia na flexibilidade, postura, disciplina, concentração e controle emocional. Quanto mais cedo a criança iniciar, melhores serão os resultados e benefícios”, afirma.

Aulas são gratuitas e tem vagas

Há quase seis anos, Maygã Henrique Vornath da Silva, 12 anos, é aluno do ballet . Dedicado,o jovem treina em casa, observa cada movimento passado pelo professor e se inspira em grandes bailarinos para continuar. Para a mãe de Maygã, o Semeando Cultura é fundamental para a felicidade do filho. “Desde criança ele dançava sozinho em casa. Quando descobrimos as aulas gratuitas do projeto, foi uma alegria. Para mim, é emocionante cada apresentação. O amor dele pela dança é gratificante”, conta a mãe do garoto, Elenise. 

As aulas que Larissa, Maygã e outras 60 crianças participam são totalmente gratuitas e acontecem no contraturno escolar. As turmas são para meninas e meninos a partir de 6 anos e é necessário estar matriculado em escolas de Horizontina. “O projeto fornece roupa, sapatilha e figurinos para as apresentações. Após cada aula os alunos também recebem um lanche. As inscrições são realizadas sempre no início do ano escolar, mas ainda há vagas em algumas turmas do ballet. Para maiores informações, pais ou responsáveis pelo aluno podem me procurar nas segundas e quartas-feiras, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h, na Biblioteca Municipal”, explica Jussara.

Viabilizado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura, Semeando Cultura é apresentado pelo Ministério do Turismo através da Secretaria Especial de Cultura com produção da Villa 7 Cultura e da Arte Pitaco, com patrocínio da John Deere e apoio da Prefeitura Municipal de Horizontina e da ACIAP Horizontina.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print