Homem confessa ter matado companheira em Alegrete e é preso, diz polícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Fonte: G1 RS

Em depoimento, ele disse que esperou o filho do casal sair de casa pela manhã para matar a companheira

Um homem de 50 anos confessou à polícia ter matado a companheira, uma mulher de 45 anos, na manhã desta terça-feira (19) em Alegrete, na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul. Ele foi preso em flagrante por feminicídio consumado.

Segundo a polícia, o suspeito foi até a delegacia para confessar o crime e entregar as chaves do imóvel onde o casal morava. Em depoimento, ele disse que esperou o filho sair de casa para a escola e sufocou a mulher com as mãos logo depois que eles acordaram, quando ainda estavam na cama.

“O homem, quando questionado, disse à polícia que não sabe explicar o porquê de ter feito isso. Ele não referiu nenhuma discussão ou briga”, diz a delegada responsável Fernanda Mendonça.

Após a confissão, a Brigada Militar (BM) foi acionada. Na casa, os policiais encontraram a mulher ainda com vida, porém com sinais vitais baixos, e a encaminharam para atendimento médico. O óbito foi constatado menos de uma hora depois de ela ter chegado na UPA.

O homem não possuía antecedentes criminais. A perícia ainda deve confirmar a causa da morte.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print