Ciro Gomes: “Está em nossas mãos mudar o Brasil”

O pré-candidato do PDT à presidência da República participou de encontro regional em Santo Ângelo, juntamente com Vieira da Cunha, pré-candidato ao governo do Estado nesta segunda-feira, dia 20 de junho no horário do meio-dia.

Lideranças políticas locais e de toda a região noroeste receberam o pré-candidato do PDT à presidência da República, Ciro Gomes e esposa Gisele Bezerra, e o pré-candidato ao governo do Estado, Vieira da Cunha, o presidente nacional do partido, Carlos Lupi, e o presidente do diretório estadual, Ciro Simoni, em confraternização no CTG Os Legalistas, em Santo Ângelo.


Ciro e Vieira foram recepcionados no Aeroporto Sepé Tiaraju pelos deputados estaduais Eduardo Loureiro e Juliana Brizola – pré-candidata a deputada federal; prefeito Jacques Barbosa, vice-prefeito Dr. Volnei Teixeira, pelos deputados federais Pompeo de Mattos e Afonso Motta, pré-candidatos a deputado pela região, além de prefeitos, vices, vereadores, dirigentes partidários e simpatizantes do PDT. 

No local do encontro, Ciro Gomes e Vieira da Cunha foram ovacionados pelas lideranças.

 Em seu discurso, Ciro discorreu sobre o colapso estrutural da economia e a situação política do país. “Estamos mergulhados na maior crise de história do país. Não há precedentes. Não haverá paz política nesta nação sem um arranjo institucional que só o PDT sabe fazer. Porém, quando o Rio Grande se levanta, organizado e com ideias próprias, comprometido com as maiorias populares, o Brasil muda radicalmente a sua história. Que o PDT e o trabalhismo sejam a resposta que o Brasil precisa. Agora, de novo, o Brasil está precisando do Rio Grande. Está em nossas mãos mudar o Brasil!”, afirmou o pré-candidato.

ESTADO

O pré-candidato do PDT ao Palácio Piratini, Vieira da Cunha. defendeu a educação como prioridade de gestão. “Estamos prontos para a batalha {o debate eleitoral}. A educação tem que voltar a ser prioridade no Rio Grande do Sul. O Estado registra, hoje, o dobro da evasão escolar de todo o país”, declarou. 

Vieira também criticou a solicitação de aposentadoria precoce do governador, aos 37 anos, lembrando que Eduardo Leite sempre se manifestou contra privilégios, contra a reeleição, contra as privatizações da Corsan e do Banrisul, renunciou ao mandato de governador para disputar as prévias nacionais do PSDB e, derrotado internamente, volta para ser candidato à reeleição. “E ainda mexeu na aposentadoria dos servidores estaduais. Gaúcho tem palavra e se não cumpre, aqui no Rio Grande, roda”, comentou. 

A FORÇA DO PDT

O deputado estadual Eduardo Loureiro disse em sua manifestação que o PDT é a terceira maior força do Rio Grande do Sul e que essa militância poderá ajudar a fazer as mudanças que o País e o Estado precisam. “É um partido que tem história, que tem raízes e responsabilidade de um projeto consistente para o Rio Grande e para o Brasil”. 

SÃO BORJA

Após o encontro em Santo Ângelo, a comitiva seguiu para São Borja onde participam nesta terça-feira, dia 21, de ato em memória aos 18 anos da morte do líder pedetista Leonel Brizola.

Com Jairo Ferreira – Radio Cidade SA

Compartilhe: