Abril teve recorde de atendimentos na UPA Santa Rosa

SANTA ROSA

O mês de abril foi de recorde de atendimentos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Foram 6.908 atendimentos na Unidade, entre casos de urgência, emergência e consultas. Com a notificação de 722 casos de dengue e o aumento da ocorrência de doenças respiratórias, principalmente em crianças, a UPA tem sido principal porta de entrada para quem procura atendimento.

Com o número bem acima do mês anterior – quando foram registrados 5.803 atendimentos – a UPA tem recebido uma média de 230 pacientes por dia. “O aumento da procura impactou no tempo de espera e tem exigido muito dos nossos profissionais. Mesmo assim, todos os pacientes que procuram atendimento na UPA, são atendidos!”, destaca a diretora-geral do Hospital Vida & Saúde, Vanderli de Barros.

Para agilizar o atendimento das consultas, a UPA aprimorou o acolhimento do paciente. Agora, após a elaboração da ficha de atendimento, o paciente passa por uma primeira triagem com um profissional técnico de enfermagem, que avalia os sinais vitais. “Melhoramos o acolhimento do paciente, com a presença de um técnico de enfermagem na Sala de Espera. Esse profissional realiza uma pré-triagem e possibilita um encaminhamento mais rápido em casos de urgência e emergência”, explica o gerente de Urgência e Emergência, Enfermeiro Silvano Cervo.

Os números de abril superaram os de janeiro, quando foram feitos 6.847 atendimentos, em um dos períodos de maior ocorrência de casos COVID. “Permanecemos com a orientação de que as pessoas busquem primeiramente o atendimento na Unidade de Saúde mais próxima, em casos de sintomas mais leves. Priorizando os casos de urgência e emergência, iremos otimizar o atendimento e diminuir o tempo de espera, oferecendo melhores condições para a comunidade”, destaca o Gerente.

Destes quase 7 mil atendimentos, 24% foram atendimentos pediátricos, o que deve aumentar durante o período de inverno e a ocorrência de temperaturas mais baixas. Somente nos dez primeiros dias do mês de maio, já foram registrados 2.272 atendimentos e notificados 72 casos de dengue.